Fala Fala Fala Fala

Fala com pelos cotovelos o João, fala com a mãe, fala com o pai, fala com o mano, repete o que falamos, fala com os avós... Gosta de inventar falas para os seus animais de peluche, como se fosse um marionetista. Fala mais, fala tanto e fala direitinho... vai aprendendo conceitos novos, e esses espantam-me, mais do que as palavras, aos poucos aumentando o vocabulário, corrigindo as frases, gaguejando, voltando atrás, até acertar:

das últimas conclusões dele:
- Vovó diz-se mãe... mamã diz-se filha...


Esta noite sonho com uma vaca que lhe fez doi doi no pé... não sei que espécie de vaca seria... mas acordou muito assustado... só descansou quando o pai foi lá correr com a vaca malvada...


Todos os dia faz o seu drama para ver se evita a escola...o João fica a dormir...o João fica com o papá... o João não quer ir à escola, o João fica na sala com a mamã... há-de pensar que ficamos em casa o dia todo enquanto ele vai "trabalhar"... hoje chegou ao carro e atirou-me um: o pai é o amor do João... (e nunca o leva para a escola hehehe)... sorri e lá fomos...

Na escola ainda faz de vez em quando um beicinho... acho que é a maneira dele mostrar que nos prefere... mas depois fica bem...

e a melhor de todas as novidades... xiiuuuuuuuuu que é para não estragar..... pelo menos no último mês tem dormido a noite toda... xiiiiiuuuuuuuu.... acorda pelas oito mais ou menos... senta-se na cama e chama muito muito alto... mamãaaaaaaaaaa... mamãaaaaaaaaaaa.... queeeeeerooooooo leitiiiiiiinhoooooooooooooo....

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

breves

- João, Vai à sala que está lá o pai!
- Não, está nada.
- Está, Está filho.
- Não, está nada! (e eu é que sei....)
- :s

***
- O que fizeste hoje na escola, João?
- Dói-dói!

ao outro dia:
- O que fizeste hoje na escola, João?
- Dói-dói!

mais outro:
- O que fizeste hoje na escola, João?
- Dói-dói!

(E mais nada...?)

***

- O Xereke é mau!
- Não filho o Shrek é amigo.
- Não... o Xereke é mau!

***

- Onde vamos?
- Vamos á escolinha filho.
- onde vamos?
- à escola...
- onde vamos?
- ...

***

- mamã, anda... quero iogurte (e puxa-me pela mão)
- vai buscar filho (em tom de brincadeira, claro)
- eu?! (incrédulo)
- sim filho, vai à cozinha buscar o iogurte...
- eu?! (ainda mais incrédulo...)
- sim filho tu.
- ... não conxigo!.... (admirado por eu não o saber...)

***

todos os dias:
- Vamos para casa filho? (a avó vai buscá-lo à escolinha e fica lá até eu chegar)
- Não! Quero ficar na casa da vovó.

no mínimo desconcertante

***

Depois do pai ter tirado a barba:
- A barba pai?
- Não está, fugiu...
- Fugiu?
- Sim.
...
- Dudu? Tens a barba do pai?

***

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

o Tempo é nosso



Tempo Perdido
Legião Urbana

Composição: Renato Russo

Todos os dias quando acordo
Não tenho mais
O tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo...

Todos os dias
Antes de dormir
Lembro e esqueço
Como foi o dia
Sempre em frente
Não temos tempo a perder...

Nosso suor sagrado
É bem mais belo
Que esse sangue amargo
E tão sério
E Selvagem! Selvagem!
Selvagem!...

Veja o sol
Dessa manhã tão cinza
A tempestade que chega
É da cor dos teus olhos
Castanhos...

Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos
Distantes de tudo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo...

Não tenho medo do escuro
Mas deixe as luzes
Acesas agora
O que foi escondido
É o que se escondeu
E o que foi prometido
Ninguém prometeu
Nem foi tempo perdido
Somos tão jovens...

Tão Jovens! Tão Jovens!...



Para ti meu teen cabeludo... com toda a calma do mundo... és tão jovem... és tão jovem... um dia o céu que desejas será teu! Selvagem... forte... assim és... Chegaremos lá... estamos a lutar por isso meu anjo!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

difícil explicar

esta quantidade de sentimentos por narrar, nesta tua, nestas nossas vidas... sou de escrita difícil... as palavras são ligeiras, em catadupa, quantas vezes apenas na cabeça... sem papel... e tantas vezes esquecidas... remetidas para um qualquer plano secundário nas nossas vidas... as mesmas palavras que são o meu maior tesouro, a minha maior fortuna porque tão caras, e tão raras... e tão minhas.

A fábrica do João é um pouco do teu mundo, sem pretensões de ser um diário.... sem pontuações exdrúxulas das nossas vidas... é apenas a tua fábrica, onde eu queria deixar os sonhos em aberto, e que como páginas os pudesses folhear, e na tua própria engrenagem, pô-los em movimento, em contrução.... dar-lhes a pintura, o acabamento.

A Fábrica do João... hoje mora muito para além desta cyber página, deste hiper texto, onde me deixo e te deixo. Nas tuas tantas palavras com correcção e cuidado, que te atreves devagarinho para que se pronunciem correctas.... uma a uma como se entre cada palavra houvesse uma vírgula longa onde mora o teu pensamento que se prepara para a próxima.

E por vezes também as minhas palavras não tem uma, mas tem inúmeras vírgulas entre elas e isso dificulta o discurso, porque em cada vírgula atrevem-se a vir morar alguns punhados de razões e de escusas para que o registo nasça e te faça justiça.

quantos anos tens: dois (exibindo os dedos todos e depois só dois)
O, João, chama-se, João
O, vovõ está, sempre, do, quintaal...
Este, é, o Dudu....

O João, ficau, de castigo... o João, bateu, na mamã...

O, João, não quer, ir, pá sala, dos, cufias (rufias - nome da sala na escolinha) o João, quer, fica, na sala, da mamã...

e tanto quanto a ínfima parte de ti é registado, quanto de mim se frusta por não conseguir, aqui... deixar a tua alegria, a tua energia, o teu egoísmo, o teu mimo, a tua meiguice, as tuas desculpas, as traquinices... e por isso, tantas vezes, o registo iniciado é concluído por falta de provas conclusivas que as palavras são mesmo aquelas que te espelham...

hoje deixo a esperança... que renasça desta Fábrica... a verdadeira Fábrica do João... aquela onde ao fazer mundos se constróem os sonhos.... os teus sonhos

que seja doce o teu sonhar.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments